Há também a expectativa de que o presidente eleito divulgue os primeiros nomes de seu ministério.

O presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva está no Egito, onde participa da COP27.

São grandes as expectativas de que ele fará anúncios importantes na conferência da ONU sobre o clima que polariza as atenções mundiais.

Lula poderá falar na COP27 sobre o compromisso de zerar o desmatamento na Amazônia. Reportagem da Folha de S.Paulo destaca que as organizações socioambientais do Brasil e de fora esperam e também sugerem novos compromissos que o presidente eleito poderia levar à COP.

Entre os anúncios que poderiam ser feitos está a possibilidade de Lula comunicar, em discurso previsto na agenda oficial da conferência, que pretende levar a COP para o Brasil em 2025.

A presidência da COP do Clima tem rotatividade regional e volta a ser de um país latino-americano em 2025. A conferência teria acontecido no Brasil em 2019, mas foi cancelada por Bolsonaro ainda em 2018, logo após sua eleição.

Há também a expectativa de que o presidente eleito anuncie na COP27 o nome que comandará o Ministério do Meio de seu governo e confirme se criará a Autoridade Climática.